All

Novo ano letivo : nova linguagem gráfica

O projeto propõe a linguagem gráfica do evento “Lançamento do Ano Letivo de Macedo de Cavaleiros” em setembro de 2019. Tal como noutros projetos para esta Câmara Municipal, a proposta centra-se no “ecossistema conceptual” que tem vindo a ser promovido junto do cliente, assente no desenvolvimento, crescimento, perspetiva de evolução e futuro.

A proposta gráfica foca-se na geração mais nova, o futuro do município. O conceito “à frente” é explorado e foca-se exatamente nesse público-alvo.

A palavra profundidade é chave neste raciocínio, uma vez que é utilizada nos seus 02 sentidos : a profundidade gráfica, de caráter visual e sensorial, e o sentido metafórico, referente ao acumular de conhecimento e às projeções de futuro para os mais novos do município.

 

Simulação dos materiais de comunicação no espaço do evento

 

A linguagem carateriza-se pelo acumulativo de elementos que, sobrepostos sugerem profundidade, distância e criam vários níveis de informação. As formas aparecem sobrepostas em diferentes dinâmicas e funcionam como cartões de informação, ajustáveis às necessidades de conteúdo e evidenciadas com diferentes distâncias de sombra.

A linguagem remete para a identidade gráfica de Macedo de Cavaleiros através da referência à verticalidade e ao alongamento das formas, bastante presente no seu logótipo.

 

Toolkit

O toolkit ( conjunto de ferramentas resultantes das bases conceptuais do projeto ) assenta em 03 pontos principais : tipografia, cor e figuração.

A nível tipográfico foi escolhida a Montserrat, uma Google Font ( utilização gratuita ) pela sua configuração ideal para utilização em meio digital. Além disso, o seu desenho é evocativo da identidade gráfica da CMMC — Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros.

Foram escolhidas 04 cores com diferentes propósitos : 01 cor de fundo, 02 cores intermédias e 01 cor de destaque, sendo que entre as cores intermédias e a cor de destaque se mantém uma relação próxima, podendo haver interseções entre os respetivos papéis e funções na linguagem gráfica.

A figuração gráfica é a componente mais vincada e a que comporta de forma mais visível a dimensão conceptual do projeto. Além de ser a representação da profundidade, é a metáfora visual para a construção de um futuro e acumulação de conhecimento. A figuração assenta em elementos verticais organizados segundo diferentes níveis de profundidade.

Além dos cartões de informação, outro ponto importante a frisar é a iconografia, elemento de comunicação presente noutro projeto desenvolvido para o mesmo cliente ( Plataforma I.D.A. ). A iconografia ajuda à categorização de temáticas e à referenciação do universo escolar através de elementos como fitilhos ou marcadores de livros. Também há a inclusão de fotografia conferindo uma dimensão ilustrativa à linguagem gráfica.

 

Representação gráfica do toolkit

 

Foi desenhada uma apresentação digital como principal suporte de comunicação a partir da qual foram propostos vários suportes de comunicação para a divulgação do evento. Estes diferentes suportes contemplam um poster e mupi, convite digital, folha de sala e roll-up.
02 suportes notáveis em seguida:

 

Cartaz

O cartaz é a peça base para o desenvolvimento de qualquer linguagem gráfica no studium daí ser impossível não deixar uma nota sobre este assunto. Este suporte, mais do que comunicar o evento, encapsula os princípios desenvolvidos conceptualmente e aplica-os através das ferramentas do toolkit. Assim, é possível ver os conceitos de profundidade, hierarquia, cor e figuração acima mencionada.

 

Poster

 

Roll-Ups

Os roll-ups propostos exploram o potencial da linguagem gráfica através da adaptação aos diferentes temas apresentados no evento. É dado um passo em frente e é adota uma postura camaleónica ( como acontece com  identidade #05 . polímata do studium ). Os novos caminhos da linguagem gráfica são um dos objetivos a atingir pelo método de trabalho studium : a criação sistemas, de linguagens que se desdobram além de si mesmas e que possam inundar um projeto.

 

Roll-Ups

 

O projeto pontua-se não só pelo fundamento conceptual mas também pela sua versatilidade e capacidade de adaptação. Representa não só um investimento na pluralidade de suportes através dos quais uma linguagem pode ser utilizada mas também o ponto de encontro entre as capacidades de resposta digital, print e acima de tudo : sólida.

Scroll Up