IN

studium® the birth

The first, the machine that rises and the memory that resignes itself. The unique horizon where the source comes off a creative and generative transformation. The hand. The eternal entity, the birth, the memorable moment, whenever the consciousness of who died only to be born stronger. Eternal.

*

A primeira, a máquina que ascende e a memória que se resigna. O horizonte singular onde a origem se desprende numa transformação criativa e geradora. A mão. A entidade eterna, a do nascimento, a do momento memorável, sempre na consciência do que morreu somente para nascer mais forte. Eterna.

postal#01

© studium